RINOPLASTIA (NARIZ)

O que é a cirurgia de rinoplastia?

Rinoplastia ou cirurgia de nariz melhora a aparência e a proporção do nariz, para realçar a harmonia facial e melhorar a autoestima do paciente. Essa cirurgia também pode corrigir dificuldade respiratória causada por anormalidades estruturais no nariz.

Condições tratáveis

• O tamanho do nariz, em relação às demais estruturas faciais;
• A largura do dorso nasal;
• O perfil do nariz;
• A ponta do nariz, que pode ser grande, caída ou muito arrebitada;
• Narinas grandes, largas ou arrebitadas;

• Assimetria nasal e desvio.

A cirurgia é indicada para mim?

A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão os seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. Esse procedimento é indicado para quem deseja melhorar a aparência do nariz.

Bons candidatos à cirurgia

• Indivíduos que já tenham finalizado o crescimento facial, ou seja, com 13 anos de idade ou mais;
• Indivíduos saudáveis, sem patologia que possa prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco da cirurgia;
• Não fumantes;
• Indivíduos com perspectiva positiva e expectativas realistas sobre a cirurgia.

Informe ao seu médico seus problemas de saúde:

O sucesso e a segurança do procedimento cirúrgico dependem muito de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

Esteja preparado para discutir:

• A razão pela qual quer fazer a cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado;
• As condições médicas, alergia medicamentosa e tratamento médico;
• Uso atual de medicamento, vitamina, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas;,
• Cirurgias prévias.

O cirurgião também poderá:

• Avaliar o seu estado geral de saúde e todas as condições preexistentes de saúde ou fatores de risco;
• Examinar e medir o seu rosto;
• Fotografar para prontuário médico;
• Discutir as opções e recomendar a mais adequada;
• Discutir possíveis resultados da cirurgia e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Você vai precisar de ajuda:

Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e que fique com você, pelo menos, durante a primeira noite, após a cirurgia.

Instruções especiais:

• O que fazer na noite anterior e na manhã da cirurgia (tempo de jejum, medicamentos, banho);
• O uso de anestesia durante o procedimento;
• Cuidados pós-operatórios.

Instruções pré-operatórias

• Suspender o fumo e anticoncepcional conforme orientado em consulta
• Evitar: Ginkgo Billoba, ômega 3 e alho, que são estimulantes da circulação e aumentam o sangramento cirúrgico;
• Aspirina (AAS) é proibida;
• Tomar de 2 a 3 litros de líquidos;
• Evite bebida alcoólica;
• Faça exercícios físicos leves, como uma caminhada por 30 minutos, diariamente;
• Alimentação deve ser leve, e o sono, de qualidade;
• Não faça viagens longas na véspera da cirurgia;
• Jejum absoluto, inclusive água, 8h antes da cirurgia;

Instruções para o dia da cirurgia

• A manutenção ou não dos medicamentos de rotina deve ser combinada com o médico;
• Liberado o uso de esmaltes claros;
• Não lavar a cabeça antes do procedimento;
• Apresentar ao médico os exames pré-operatórios;
• Retirar brincos, piercing e qualquer objeto de metal;
• Coloque roupas práticas de tirar e colocar;
• Qualquer dúvida pode ser tirada com o médico antes da cirurgia;
• O procedimento dura em torno de 2h30;
• O paciente volta para o quarto onde será oferecido líquido e dieta.

Informações após a alta hospitalar

• O paciente permanece no hospital, em observação, até o fim do dia ou no dia seguinte;
• Ao ser liberado, o paciente recebe orientações sobre sua alimentação, que deve ser rica em proteínas, frutas e verduras, e pobre em gorduras;
• Para evitar trombose, recomenda-se caminhadas regulares e a ingestão de líquidos (3 litros ao dia);
• Usar meia específica por uma semana;
• Na primeira semana de recuperação, evite esforços físicos;
• A exposição ao sol geralmente é liberada após 3 meses;
• Tomar banho com água morna e evitar molhar o nariz;
• Não mexer em tala nasal;
• Febre acima de 38°C deve ser comunicada ao médico;
• Nesse período, lembre-se de que o uso de antibiótico pode diminuir a eficácia do anticoncepcional.

Quando retornar ao médico

• Entre o terceiro e o sexto dia, o paciente deve retornar ao consultório para limpeza da ferida;
• Entre o sétimo e décimo dia, será retirada a tala nasal;
• Entre o 14° e o 20° dia, o paciente retorna para avaliação, assim como um mês após o procedimento.

Etapas do procedimento

O que acontece durante a cirurgia?
Etapa 1 – Anestesia
Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Incisão
A cirurgia do nariz é realizada ou por procedimento fechado, em que as incisões são escondidos no interior do nariz, ou por procedimento aberto, em que é feita uma incisão através da columela, faixa estreita de tecido que separa as narinas. Através dessas incisões, os tecidos moles que cobrem o nariz são cuidadosamente levantados, permitindo o acesso para remodelar a estrutura do nariz.

Etapa 3 – Remodelação da estrutura do nariz
A cirurgia do nariz pode reduzir ou aumentar as estruturas nasais com o uso de cartilagem enxertada de outras áreas de seu corpo. Mais comumente, partes de cartilagem do septo, a partição no meio do nariz, são usadas para esse propósito.
Algumas vezes, parte de cartilagem da orelha e, raras vezes, parte da cartilagem da costela pode ser usada.

Etapa 4 – Correção de desvio de septo
A correção de desvio do septo e a redução das saliências no interior do nariz melhoram a respiração.

Etapa 5 – Fechando as incisões
Uma vez que a estrutura subjacente do nariz é esculpida na forma desejada, a pele e o tecido nasal são acomodados e as incisões fechadas. Incisões adicionais podem ser feitas nos sulcos naturais das narinas para alterar o seu tamanho.

Etapa 6 – Resultados
Uma espécie de gesso e tampão internos darão sustentação ao nariz à medida que a cirurgia começa a cicatrizar, por aproximadamente uma semana. Enquanto o inchaço inicial diminui dentro de algumas semanas, pode levar até um ano para o novo contorno nasal ser redefinido completamente. Durante esse período, você perceberá mudanças graduais na aparência de seu nariz. O inchaço pode aparecer e desaparecer e ser um pouco pior pela manhã, durante o primeiro ano, após a cirurgia. A rinoplastia para remodelar a via aérea obstruída requer avaliação cuidadosa da estrutura nasal que se refere ao fluxo de ar e respiração. A correção de desvio do septo, uma das causas mais comuns de insuficiência respiratória, é conseguida através do ajuste da estrutura nasal para produzir um melhor alinhamento.

Recuperação pós-operatória

Após a finalização do procedimento, uma espécie de gesso, tampão interno e curativo Micropore serão colocados no nariz para apoiar e proteger as novas estruturas durante a cicatrização inicial.

Serão dadas instruções especiais, incluindo

Como cuidar da ferida operatória, medicamentos para tomar por via oral para ajudar a reduzir o potencial de infecção, cuidados específicos com o local da cirurgia, com o seu estado de saúde e acompanhamento pós-operatório com o seu cirurgião plástico.

Riscos e informações de segurança

• A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis.
• Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Possíveis riscos da cirurgia

• Ruptura de pequenos vasos no nariz;
• Assimetria do nariz;
• Cicatrizes desfavoráveis;
• Sangramento (hematoma);
• Infecção;
• Riscos anestésicos;
• Má cicatrização;
• Dormência ou demais alterações de sensibilidade na pele;
• Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado;
• Podem ocorrer alterações na via aérea nasal após a rinoplastia e a septoplastia, podendo interferir na passagem normal de ar pelo nariz;
• Perfuração do septo nasal. Um orifício no septo nasal pode se desenvolver, no entanto, não é comum, mas tratamento cirúrgico adicional pode ser necessário para reparar o septo. Em alguns casos, pode ser impossível corrigir essa complicação;
• Dor, que pode perdurar;
• Complicações cardíacas e pulmonares;
• Fios de suturas podem espontaneamente emergir na pele, tornando-se visíveis ou produzir irritação que exijam sua remoção;
• Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.

Faça perguntas

É muito importante que você tire todas as suas dúvidas diretamente com o cirurgião plástico sobre o procedimento cirúrgico. É natural que sinta um pouco de ansiedade, seja expectativa com o resultado ou estresse pré-operatório. Não tenha vergonha de discutir esses sentimentos com seu cirurgião plástico.

Resultados

Pode levar vários meses para que o inchaço desapareça completamente e até um ano – e às vezes mais – para o resultado da cirurgia ser percebido em sua totalidade. Embora os resultados da rinoplastia sejam, geralmente, permanentes, a cartilagem pode continuar a mover e remodelar o tecido, alterando o resultado ao longo do tempo.

Qual o custo da cirurgia?

O custo é sempre uma consideração em cirurgia eletiva. Os honorários de um cirurgião podem variar com base em fatores como a sua experiência, entre outros.
O custo pode incluir
• Honorários do cirurgião e equipe;
• Custos hospitalares e do centro cirúrgico;
• Honorários do anestesista.
Custos extras (a cargo do paciente)
• Medicamentos prescritos;
• Malhas pós-operatórias;
• Exames médicos.

Glossário

• Cartilagem: Tecido conjuntivo que constitui a estrutura do nariz.
• Columela: A estreita faixa de tecido que separa as narinas.
• Septo desviado: A cartilagem que separa as narinas está desalinhada e pode causar a obstrução parcial das vias aéreas nasais.
• Anestesia geral: Drogas e/ou gases utilizados durante a cirurgia para aliviar a dor e diminuir a consciência.
• Hematoma: Acúmulo de sangue abaixo da pele.
• Sedação intravenosa: Sedativos administrados por injeção na veia para ajudar a relaxar.
• Anestesia local: Droga injetada diretamente no local de uma incisão durante a cirurgia para aliviar a dor.
• Rinoplastia: Cirurgia para remodelar o nariz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *